PÁSCOA - 27 de março

A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes entre as culturas ocidentais. A origem desta comemoração remonta muitos séculos atrás. O termo "Páscoa" tem uma origem religiosa que vem do latim Pascae, porém sua origem mais remota é entre os hebreus, onde aparece o termo Pesach, cujo significado é passagem. Tratava-se de uma festa entre povos europeus da antiguidade, festejando a passagem do inverno para a primavera, na época das flores.

Já a Páscoa Judaica, está relacionada com a passagem dos hebreus pelo Mar Vermelho, onde liderados por Moisés, fugiram do Egito. Nesta data, os judeus fazem e comem o matzá (pão sem fermento) para lembrar a rápida fuga do Egito, quando não sobrou tempo para fermentar o pão.

Entre os primeiros cristãos, esta data celebrava a ressurreição de Jesus Cristo (quando, após a morte, sua alma voltou a se unir ao seu corpo). O festejo era realizado no domingo seguinte a lua cheia posterior al equinócio da Primavera (21 de março).

Entre os cristãos, a semana anterior à Páscoa é considerada como Semana Santa. Esta semana tem início no Domingo de Ramos que marca a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.

Simbolos da Páscoa O coelhinho da Páscoa, os ovos de Páscoa e o girassol O coelho é o símbolo da vida, do nascimento, porque se procria em períodos curtos, com grandes quantidades de filhotes. Representa a fertilidade, o nascimento, uma vida nova, a esperança . Na igreja ele é o símbolo da fecundação e é um dos símbolos pascais porque a pregação da palavra também se fecunda para os homens. O ovo representa o começo da vida, já que alguns animais nascem dele. Em razão dessa representação da vida, em 1830, na Inglaterra, surgiram os ovos de chocolate, para presentear as crianças. O girassol é uma flor que sempre está voltada para a luz do sol. Na páscoa representa a busca da luz, pois os cristãos buscam a luz de Cristo.